Três Lagoas sediou primeiro evento do Ano da Avaliação Psicológica em MS

O município de Três Lagoas, em Mato Grosso do Sul, recebeu representantes do CRP14 no dia 03 de outubro para uma participação na Semana Acadêmica de Psicologia da AEMS (Faculdades Integradas de Três Lagoas) e para o início das atividades alusivas ao Ano da Avaliação Psicológica. Estiveram presentes os conselheiros Carlos Afonso Marcondes Medeiros, Luis Fernando Galvão e Sydnei Ribeiro Júnior, além das psicólogas Letícia Passos de Melo Sarzedas, técnica do CREPOP (Centro de Referência em Psicologia e Políticas Públicas), Simone Leonardo Cardoso, agente de fiscalização, e Karine Bebber, assistente técnica.

Na noite de abertura, Letícia proferiu a palestra “CREPOP – Da pesquisa à produção de referência técnica”. Depois, foi a vez do conselheiro Sydnei falar sobre Ética. Na manhã seguinte (04/10), os membros do CRP se reuniram com profissionais para o início do evento do Ano Temático da Avaliação Psicológica. Na ocasião, foi realizada a palestra do conselheiro Luis Fernando, que abordou sobre “A Importância da Avaliação Psicológica na prática da Psicologia”.

Os participantes foram separados em grupos para discutirem os 3 eixos dos temas geradores do ano temático (Qualificação: Critérios de Reconhecimento e Validação a Partir dos Direitos Humanos, Avaliação Psicológica em contextos Institucionais e Relação com o Contexto de Formação), para que, em seguida, apresentassem suas propostas e consideração acerca do tema.

“Acredito que a qualidade dos debates foi boa, muito proveitosa, e ficamos contentes com o número de profissionais que representaram a categoria. Compareceram 13 profissionais, visto que no município existem cerca de 78 psicólogos registrados”, relata Karine. Segundo ela, as propostas serão enviadas e discutidas no evento regional, que acontecerá em breve em Campo Grande, e, posteriormente, ao evento Nacional, previsto para março de 2012.

O próximo evento alusivo ao Ano da Avaliação Psicológica será em Dourados, no dia 21 de outubro.

Esta entrada foi publicada em Textos geradores. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta